#Mobilização

Junte-se ao time de voluntários

Para fazer parte da nossa rede de voluntariado é só entrar no Greenwire, se conectar com outros ativistas ao redor do Brasil e participar das…

Participe

Ainda é fundamental mostrar que a defesa do meio ambiente e a luta por direitos iguais caminham juntas

Moro em São João da Boa Vista, uma cidadezinha de 90 mil habitantes, no interior de São Paulo, a 218 km da capital. Há 11 anos, recebemos cerca de mil pessoas da região para celebrar o orgulho de ser LGBTI+. Desta vez, o nosso grupo de voluntários do Leste Paulista trouxe o nome e as causas do Greenpeace para um evento como esse.

[shortcake_carousel multiple_image="10133,10132,10134"]

Saímos da Estação Ferroviária da cidade às 15h do último domingo (21/07) e, no caminho até a Praça Joaquim José, muitas pessoas do quintal de suas casas olhavam com estranhamento e um toque de curiosidade para aquele grupo alegre e colorido de jovens, tentando entender o carnaval fora de época que havia se formado. É ótimo para São João receber um evento desses porque ainda se faz fundamental abrir os olhos da população para respeitar todo tipo de amor.

Foi transformador estar ao lado de pessoas que lutam por um mundo melhor, sem escolher uma causa só. Em um momento de enaltecer a diversidade e como ela torna a sociedade melhor, fomos lembrar também que a biodiversidade é fundamental para a nossa vida neste planeta. Assim como precisamos que todos os humanos vivam em harmonia na sociedade, também todas as espécies têm direito a vida neste planeta.

No trajeto de 750 metros até a Praça Joaquim José, no centro da cidade, as pessoas que marchavam com a gente pela diversidade olhavam para as nossas placas e sorriam. Isso nos incentivava e mostrava que estávamos fazendo o certo, levando a mensagem de que “Sem Floresta, Sem Vida” e mostrando que a defesa do meio ambiente e a luta por direitos iguais caminham juntas.

[shortcake_carousel multiple_image="10138,10139,10141,10140"]

A ideia de ter o Greenpeace em uma parada LGBTI+ não é nova. Fomos inspirados pela fotos da parada LGBTI+ de Amsterdam, que contou com vários ativistas do Greenpeace e de outras organizações. Se lá fora eles foram às ruas para fortalecer o diálogo com as minorias sexuais, acreditamos que aqui dentro também seria produtivo, ainda mais em uma cidade do interior.

“A importância de juntar as duas causas se faz presente quando o contexto social afeta o meio ambiente e vice-versa. Estamos aqui justamente para conscientizar as pessoas sobre as duas importâncias”, me disse o voluntário Kaká Gomes, um homem trans do grupo de São Paulo que conheci na parada.

“Eventos como esse mostram que nós somos pessoas como quaisquer outras que fazem parte de minorias e são afetadas pela sociedade. A nossa participação é importante para trazer visibilidade para o movimento LGBTI+ e também pela defesa do planeta, mostrando que uma coisa não existe sem a outra“, comentou a minha amiga Amanda Arcângelo, também voluntária do grupo do Leste Paulista.

Agradeço a todos e todas do grupo do Leste Paulista que ajudaram, direta e indiretamente, a fazer a nossa participação na 11ª Parada LGBTI+ de São João da Boa Vista acontecer. Mobilizar-se por um mundo melhor, em todas as frentes, é uma atividade transformadora.

Faça parte desse movimento se tornando um voluntário(a) clicando aqui.

*Tamyres Sbrile, de 21 anos, é voluntária do grupo Leste Paulista desde junho de 2019.